Falando a verdade.

Falando a verdade, de verdade mesmo, meu mês na Europa foi fantástico. Não foi perfeito, mas foi fantástico. E fantástico é uma palavra que eu uso pouco pra descrever momentos na minha vida.

A outra verdade é que eu não queria ter voltado. Claro, eu sabia que ia voltar, mas não queria. Acho que ainda não voltei. Ou não voltei completa e não sei quando o que ficou vai voltar.

Ou se vai voltar (pra falar a verdade, eu espero que não… e pra continuar falando a verdade, eu sei que vai).

Eu posso falar a verdade e dizer que Berlin é, no fundo, uma cidade meio triste. Que neve é mais legal quando a gente está acompanhado de alguém que nos faça rir.

Vienna, então, parecia meio suja e bagunçada. Tinha lama em todo canto, na verdade. Mas até um parque cheio de lama é bom quando a gente tem alguém pra segurar nossa mão e ajudar a gente a não escorregar.

Budapeste soa meio perigosa e perdida, e é mesmo. Mas um sorriso ao receber um hambúrguer com 3 hambúrgues e destruir o negócio todo, pensar que a pessoa na sua frente vai te achar uma ogra, enquanto ele acha que nunca viu um rosto mais feliz na vida.

Bruxelas é meio amalucada, tem de tudo um pouco. Mas tem cerveja, tem companhia e sempre se pode roubar o segundo gole da cerveja alheia. De verdade.

Malmö é fria em todos os sentidos. O vento parece cortar sua alma, mas a chuva da janela não te assusta. O café da manhã deitada na cama não assusta. Jogar dardos e ser massacrada numa partida nem é a pior coisa do mundo.

E tem muitas outras verdades que eu aprendi e, o problema, é que essas não são as minhas verdades agora. E isso, ao menos ao que parece, eu ainda não entendi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s