hoje

I can listen no longer in silence. I must speak to you by such means as are within my reach. You pierce my soul. I am half agony, half hope. Tell me not that I am too late, that such precious feelings are gone for ever.

Hoje é aniversário da Jane Austen. Ou seria, se ela estivesse viva.

Hoje eu tive um daqueles dias doentes. Agonias, tristezas, dores, você sabe como é. Bate aquela tristeza, aquela vontade de te ver. Aquela vontade de dormir na sua cama, ali, encostada na parede.

Hoje, no ônibus, eu lembrava e comentava como era estar ali. Como era ter que me levantar e ‘lutar’ por um espaço. Como era cozinhar para você.

Hoje, na memória, eu fico repetindo suas frases. Seus gestos. Seus passos, caminhos, atitudes.

Hoje, eu só queria que fosse um daqueles dias em que a gente estava junto.

E hoje, eu queria que fosse pra sempre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s