por um mundo Daniel

(sobre alguns soldados alemães que estavam à caminho de campos de trabalhos escravos na Rússia)
“Eles nos viram, e alguns caminharam em nossa direção com seus passos incertos de autômatos. Pediram-nos pão: não em sua língua, mas em russo. Recusamos, pois o nosso pão era precioso. Mas Daniel não recusou. Daniel, a quem os alemães haviam matado a mulher, o irmão, os pais; e não menos do que trinta parente; Daniel, que, da razia no gueto de Veneza, era o único sobrevivente, e que desde o dia da libertação alimentava-se com a sua dor, tirou um pão e mostrou àqueles fantasmas, e o pôs no chão. Mas pretendeu que viessem pegá-lo, arrastando-se no chão: o que fizeram docilmente”
(A trégua, Primo Levi)

Fazia tempo que um livro não me dava reações físicas. O último a conseguir esse feito foi, exatamente, “É isto um homem?” do mesmo Primo Levi.
Não sei se é por causa da estranha relação que ele possui com o judaísmo, pelo fato de, em nenhum momento, ele travar alguma relação com Deus (procurando motivos para tudo aquilo). Aliás, basicamente, não existe a palavra Deus no livro. E isso me atrai.
Ler “É isto um homem?” foi revelador. É como se eu abrisse os olhos para muitas coisas. A história é forte, mas extremamente sensível e bem escrita. O modo que ele narra as pessoas ao redor, como as descreve… É incrível.

Quando eu li essa parte acima, onde ele descreve o momento que desce do trem em direção à Rússia, em plena Romênia (o trem saiu de Katowice, na Polônia, em direção à Odessa, na Rússia e, por último, iria para a Itália, onde a família de Primo esperava por ele, em Turim) e vê soldados alemães, feitos prisioneiros, pedindo pão para aqueles italianos que passavam… Eu parei de ler o livro. Fechei, respirei fundo e guardei na bolsa. Aquela não era a hora de continuar.

Eu só sei que daqui a pouco eu largo do trabalho, vou pegar o ônibus e tentar. Vale a pena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s