Eu vi Flávio fazendo o dele, tive vontade de fazer. Já fiz uma vez pra escola, o professor gostou pra caramba, leu em sala. Mas eu não tenho ele aqui, por isso, vou re-escrever.

 

Eu lembro de 11 de setembro de 2001 por que era aniversário do meu melhor amigo na época (oi Leandro, teu nome ainda vai aparecer aqui). Eu estava na quinta-série.

Eu chegava em casa aproximadamente de meio-dia e, na minha antiga casa, na sala de jantar tinha uma televisão menor. Meu hábito era ver ‘O laboratório de Dexter’ antes de almoçar. E eu ia fazer isso…

‘- Não adianta ligar a TV, Helô, tá passando alguma coisa que caiu nos EUA em todos os canais’.

Liguei mesmo assim (sou teimosa até hoje).

Fiquei revendo aquela cena muitas vezes, afinal, era a única coisa que passava na TV.

– Desliga isso, Helô, tá na hora do almoço e eu não quero ver desgraças enquanto eu como.

E o que eu podia fazer? Desliguei.

 

Mais tarde, assim que tudo ficou mais tranquilo, liguei pra Leandro pra, mais uma vez, desejar feliz aniversário e para comentar que tava passando Aracnofobia no SBT.

‘-Depois do que aconteceu hoje, ninguém mais vai esquecer do seu aniversário’

 

Pois é.

No outro ano, eu já não tinha idéia onde Leandro estava, não moravamais na mesma casa, não almoçava mais na mesma sala de jantar e tinha coisas mais importantes pra me preocupar.

Mas, no fim, eu tinha razão. Eu e nem o mundo esquecemos. Por isso, feliz aniversário. E curta o seu dia inesquecivel.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s